segunda-feira, 26 de março de 2012

Veneza: Dicas (o que ver, restaurantes e hóteis)

Veneza é dividida em 06 bairros (Sestiere em italiano): Cannaregio, Castello, San Marco (inclui a ilha de San Giorgio Maggiore), Dorsoduro (inclui a ilha Giudecca), San Polo e Santa Croce
Dá pra andar a pé por todos, a não ser parte do Dorsoduro (a parte "do outro lado"; ver mapa abaixo, que inclui Giudecca) porque precisa pegar um barco até lá... ou ir pela Ponte dell'Accademia que o liga a San Marco...

Em marron: o bairro de Dursoduro em Veneza
Os bairros (sistieres) de Veneza. Alguns separam Giudeca do Dorsoduro

San Marco é o sestiere mais central de Veneza. É nele que fica a Praça de São Marcos.
San Polo é o menor dos sestiere de Veneza. É nele que se situa o principal mercado da cidade desde 1097. A famosa Ponte Rialto também está nesse bairro.

Acho importante citar os bairros para melhor localizar os passeios e restaurantes...


O que ver (principalmente):


Em San Marco: Piazza San Marco, Basílica San Marco, Campanário, Torre dos Relógios, Palácio Ducal (dos Dodges) - Todos esses ficam na Piazza (praça), e a Ponte dos Suspiros, que liga o Palácio dos Dodges às antigas prisões (Prigioni Nove) e se pode vê-la da beira do Grand Canal, saindo à esquerda da Praça (Ver mais em: http://pt.wikipedia.org/wiki/San_Marco_(Veneza)).


Eu, na Piazza San Marco inundada (em um mês de novembro)

Em San Polo: Ponte do Rialto e Mercado de Peixe (pertinho da Ponte). O Mercado de Rialto abastece a cidade desde 1907. O Erberia (mercado de vegetais) e Pescheria (mercado de peixe) começam cedo...

Ponte Rialto
No mercado...
Peixes, lulas, etc . no Mercado do Peixe


Em Santa Croce: É o sestiere menos rico em monumentos da cidade e é o único com uma parte para circulação de automóvel, pois aí se encontra o parque de estacionamento da Piazzale Roma. Aqui se situam algumas igrejas e o museu de arte moderna. De toda forma é interessante andar a pé por aí. 
Ver mais em http://pt.wikipedia.org/wiki/Santa_Croce_(Veneza).

Descobrimos "sem querer"... Carros em Veneza? Que susto!
Pelos arredores de Santa Croce...

Em Dursoduro: Igreja Nossa Sra da Saúde e a ilha Giudecca com diversas outras igrejas e monumentos (se tiver pouco tempo, não vá a Giudeca). 

 Nossa Sra da Saúde 

Em Canareggio: O Palácio Vendramin Calergi que, no inverno, serve de cassino municipal, e um dos mais belos edifícios góticos o Ca' d'Oro. Além disso, tem também importantes e belas igrejas. 

Ca' D'Oro

Em Castelo: Bairro vizinho à San Marco (ver mapa no início). A margem sul deste sestiere se encontra o famoso cais Riva degli Schiavoni. Também algumas igrejas como a Basílica de São João e São Paulo, a Igreja de San Francesco della Vigna e a Igreja de São Zacarias (ver mais em: http://pt.wikipedia.org/wiki/Castello).


Riva degli Schiavoni

SUGESTÕES: 
1) Sugiro visitar primeiro a Piazza San Marco com todos os monumentos que se encontram nela (não necessariamente entrar em todos, mas ver, apreciar de fora...). Em seguida ir até a Ponte do Rialto e ver o mercado que fica "ao lado".


Basílica San Marco, na Piazza San Marco
2) "Se perder" em Veneza. Sair andando a pé, sem rumo, umas duas ou três horas, parando onde você achar interessante (evidentemente depois de conhecer os principais monumentos como os que falei no ítem 1). Assim, sugiro fazer isso no segundo ou terceiro dia que lá esteja, a não ser que já conheça Veneza, então "se perca" logo...


Por aí...
3) Antes desse passeio a pé, é interessante pegar o vaporetto nº 1 (ônibus aquático), numa estação por perto da Piazza San Marco (o vaporetto nº 1 percorre os canais principais e você já pode ter uma idéia de Veneza). Isso deve ser feito logo no primeiro dia...


No Vaporetto...
4) Se você quiser gastar um pouco mais de grana, contrate uma lancha pra dar um passeio pelos canais mais importantes, que é um charme! De toda forma, sugiro que dê um passeio no vaporeto 1 e um pequeno passeio numa gôndola, deixando a lancha apenas pra ir ou voltar do aeroporto (lancha-táxi). Vale a pena!


Na lancha-táxi, indo pro aeroporto. Tchau Veneza!
5) Um passeio de gôndola: Basta o passeio de menor tempo, só pra você sentir a sensação romântica da gôndola...


Numa gôndola, com a Ponte do Rialto ao fundo...
6) Visite Burano, uma linda cidadezinha a 1 hora de vaporetto (você pode pegar o vaporetto para Burano no cais Riva degli Schiavoni (perto do famoso Hotel Danieli). Você vai "perder" um dia nesse passeio. Assim, deixe para fazê-lo depois que já tiver conhecido os principais lugares de seu interesse em Veneza. Pode ser no 3º ou 4º dia que lá estejam...


Em Burano
Obs. Eu particularmente não iria a Murano (Fui, há muitos anos atrás. Mas, lá só tem a se ver a famosa fábrica de vidros. A não ser que você tenha muito interesse em ver a tal fábrica e comprar objetos de vidro, os quais são realmente lindíssimos, mas você pode comprá-los em Veneza). Já Burano é uma linda cidadezinha totalmente colorida e bucólica... Pra quem não tem muito tempo, é melhor optar por uma e curtí-la de verdade...
Vitrine com objetos de vidro de Murano: lindos!


Restaurantes e Bares 

Da Fiore - Restaurante indicado por Fasano (vi na revista da TAM e fui lá conferir!). Poucas mesas, ambiente agradável e charmoso. Comida excelente. Um pouco caro, mas vale a pena. Uma das proprietárias é a chef, e o próprio dono faz as compras dos produtos frescos diariamente no mercado de Veneza. Deve reservar (pelo próprio site). Um pouco difícil de encontrar, é bom ver pelo google map. Em todo caso, perguntando aos venezianos, se chega lá (mapa em http://www.dafiore.net/en/index.html). Site: http://www.dafiore.net/ . Endereço: San Polo, 2012. Calle de Scaleter.


Um siri mole no Da Fiore: Bom demais!!!


VinoVino - Restaurante típico veneziano. Comida simples e de boa qualidade. Carta de vinhos boa e variada.
Descobri num livro "Mil dias em Veneza" de Marlena de Blasi (uma americana, chef de cozinha e escritora, que casou com um veneziano e foram morar lá... E, falando nesse livro, é bom, tem até receitas...). ..."onde você pode encontrar todos os tipos de clientes - profissionais e baronesas, gondoleiros e golfistas - e onde amizades nascem entre os estrangeiros e os venezianos" (http://travel.nytimes.com/travel/guides/europe/italy/venice/54376/vino-vino/restaurant-detail.html). 
Site oficial: http://www.vinovinowinebar.com Fica perto do Teatro La Fenice e à poucos metros da Piazza S. Marco. Endereço: San Marco, Ponte Delle Veste, 2007/A.





Obs. O VinoVino tem dois ambientes: o da osteria que é fechado, e outro que fica num jardim super charmoso (São dois ambientes diferentes, mas muito agradáveis. Pergunte onde fica esse do jardim que é meio escondido. Ver em http://www.anticomartini.com/en/restaurant-in-venice/restaurant-with-courtyard). Se você prefere uma ambiente mais típico "à moda antiga" fique na osteria, mas se prefere algo mais romântico procure a parte dos jardins, que fica quase vizinho ao Teatro Fenice. 
O prédio/complexo integra também um famoso restaurante (e mais caro) o Antico Martine, com o qual divide a cozinha. 
O recepcionista (se não tiver mudado) é super simpático, um senhor "de idade" e recepciona os três locais (os dois do VinoVino e o Antico Martine, que estão interligados).


No VinoVino

Antico Martine - Um restaurante de 1720. Vizinho ao VinoVino, porém mais sofisticado. Prefira ficar na terraça, que é mais charmosa e você pode apreciar o vai-e-vem das pessoas na Praça do Teatro Fenice. Site: http://www.anticomartini.com Endereço: Campo Teatro Fenice, 2007 (ver mapa em http://www.anticomartini.com/en/map-of-venice-italy)


No Antico Martini

Harry's Bar- Fundado em 1931 por Giuseppe Cipriani, hoje em dia pertence a mesma "cadeia" dos restaurantes e hotéis Cipriani, existentes em vários páises. Foi um bar frequentado por ilustres personagens da história como Proust, Ernest Hemingway, Charlie Chaplin, Alfred Hitchcock, Woody Allen entre outros. 
Onde foi inventado o carpaccio e o bellini (drink feito de espumante e pêssego, tipicamente veneziano. http://www.harrysbarvenezia.com/bellini.htm). Entre lá pra tomar um bellini no bar. É o melhor bellini de Veneza, e quem sabe do mundo! Não vale a pena almoçar ou jantar. Tem que reservar e eles constumam dar aos estrangeiros as mesas da parte de cima, que não são tão boas quanto as de baixo... Se for no verão, não pode entrar de bermuda. 
Veja a história desse bar, que é muito interessante, no site oficial: http://www.harrysbarvenezia.com/ Endereço: Calle Vallaresso, 1323 (Perto da Piaza San Marco, na frente, perto das gôndolas, no Grande Canal de Veneza quase em frente a Ilha Giudecca).

Um bellini no Harry's


Cantina Du Mori - Essa cantina foi também indicada por Rogério Fasano, numa revista da TAM. Quando fomos em 2009, a encontramos, mas a perdemos de novo... Em 2011, claro que fomos aí conferir! Vale a pena!
Existem duas entradas: pela Calle Galiazza e pela Calle Do Mori, em San Polo perto da Ponte Rialto e do mercado.
É a mais antiga osteria e wine-bar de Veneza. Situada na zona de Rialto abriu suas portas em 1462. Venezianos param aqui para beber e petiscar algo, e socializar, antes e após as refeições. Mas tudo em pé (não há mesas). Para petiscar, este é um dos melhores bacari (wine bar) dos velhos tempos... Ótimos vinhos e ótimos petiscos!
Endereço: San Polo, 429 (entradas pelas Calle Galiazza e pela Calle Do Mori). É meio escondida, mas perguntando, chega-se lá!


Cantina du Mori



Trattoria Do Forni: Indicada por próprios venezianos, fomos e aprovamos. Massas ótimas! Endereço: Calle Specchieri, 468. San Marco. http://www.doforni.it/

Una bonna pasta
Em frente a Trattoria Due Forni

Bacaro Jazz: Bom para ir à noite. Boa comida: típica veneziana e internacional (ótimos petiscos). Boa seleção de jazz em CD e DVDs (Miles Davis, John Coltrane, Norah Jones, Diana Krall, Billy Holiday, David Sanborn, Dinah Washington, Ella Fitzgerald, Roberta Flack e outros). Decoração engraçada, feita com sutiãs (dizem que são de clientes que deixam por lá...). http://www.bacarojazz.com . San Marco, 5546 (Perto da Ponte de Rialto).
A decoração do Bacaro Jazz (http://conderoberto.com/italyresturants.htm)

Fortuny Restaurant no Hotel Cipriani: Restaurante de luxo. Melhor reservar (pelo site). Pra ir, só de barco (vaporetto ou lancha). Fica em Giudecca, 10. No hotel tem também outro restaurante mais descontraído: o Cip's Club. 

Hotel Cipriani, Venice, Italy
Terraça do Fortuny

Café Florian: Um dos mais antigos cafés de Veneza (1720), fica na Praça de São Marcos (Piazza San Marco). Suas paredes e teto conta com lindos afrescos. Vale a pena tomar um café ou um drink por lá!

No Florian
Restaurante em Burano: Trattoria Gatto Nero - Fuja da rua comum de restaurantes turísticos. Vá nesse que é bonito e tem comida de primeira! Fica numa rua paralela a principal: Via Giudecca, 88. Site: http://www.gattonero.com/it/


Delicia!
 
Hotéis
Vou indicar dois hóteis que neles fiquei (um mais simples e um mais sofisticado):


Ca' Malipiero - Um hotel que fica dentro de uma residência antiga, um palácio antigo. Ocupa um ou dois dos andares do prédio. Tem quartos amplos, com decoração antiga. Limpo, mas fiquei um pouco assustada no começo, pois parecia um hotel muito velho, inclusive porque a entrada é pela lateral e quase não a encontrávamos. 
Tem que subir um lance de escadas para chegar na recepção... Mas, no final (passado meu "preconceito" inicial) percebi que era um bom hotel para dormir, com café da manhã razoável e com hóspedes com "boa cara" (Tutti buona gente!)

Eu, com amigos natalenses, em frente ao hotel...
Depois que você tá no hotel vê que de lá é fácil andar por Veneza, e fica super perto da Piazza de San Marco.  Anda tudo a pé... Mas pra encontrar esse hotel, no começo, foi uma novela...

Como chegar no hotel:
1) Se você chegar do aeroporto de lancha-táxi, esta lhe deixará em frente ao hotel. Sem erro!
2) Se você vier na lancha Alliguna (transporte coletivo), você deve descer em San Zaccaria e ir a pé para o hotel, uns 10 minutos...No site do hotel diz o seguinte: "Desde a rua Riva degli Schiavoni (onde está a estação San Zacaria) você segue pela Calle delle Rasse até o final, entra a esquerda até chegar no Campo San Filippo e Giacomo. Aí entre na Calle Drio la Chiesa e siga sempre direto até a calle que cruza (Ruga Giuffa). Entra a esquerda e ao chegar numa ponte a esquerda se vê a porta de entrada de número 4852". 
Bem, eu me perdi com tais informações, mas no fim, depois de cansada, encontrei... Talvez porque chegamos à noite e com chuva forte...
3) O melhor é vc procurar diretamente a praça Campo Santa Maria Formosa. Dirigir-se até a fonte no centro do campo a a direita (ou esquerda, dependendo de onde vc vier) encontrará o hotel Ca’ Malipiero. Tem uma faixa/placa enorme! Claro que vc a verá! Você entra por uma porta pela lateral, na rua Ruga Giuffa. Ou seja, a fachada do hotel fica no Campo Santa Maria Formosa, mas a entrada é pela rua lateral Ruga Giuffa, 4852Site: http://www.camalipiero.com/

O prédio onde fica o hotel é esse em frente, ao fundo. A esquerda é a igreja de Sta Maria Formosa


Hotel Londra Palace: Hotel 4 estrelas, de excelente localização e muito bom mesmo. Quase vizinho ao famoso hotel Danieli, na frente do Grand Canal, com vista privilegiada!  Pertíssimo da Piazza San Marco. Evidentemente mais caro que o anterior, porém bem melhor! Tem um restaurante (De Leoni) e um bar super legais, com vista ao Grand Canal. Quarto amplo e ótimo, bem como o banheiro. Prédio original de 1853, todo restaurado e mantida a fachada. 
Esse hotel foi indicado pelo Orient-Express, quando viajamos no famoso e luxuoso trem em 2011.
Endereço: Riva degli Schiavoni, Castello 4171. Site: http://www.londrapalace.com

O Hotel Londra e outros prédios...
A fachada...
Outros Hotéis: Se você tiver disposto a gastar mais dinheiro e ter mais luxo, sugiro que fique em um dos dois hotéis abaixo:


Hotel Danieli - Categoria 5 estrelas, de luxo. Três antigos palácios compõem o hotel, habilmente restaurados, um deles do século XIV (Palazzo Dandolo), foi residência da família Doge Dandolo. Lustres de vidro Murano,  foi remodelado em 2008 pelo arquiteto design Jacques Garcia. Tem um excelente  Restaurante, o Terrazza Danieli.

Ocupa uma das melhores localizações de Veneza: próximo ao Palazzo Ducale e suas antigas masmorras, ligadas pela famosa Ponte dei Sospiri, a poucos passos do centro da Piazza San Marco. Foi o hotel utilizado no filme "O Turista".
Endereço: Riva degli Schiavoni, 4196. http://www.danielihotelvenice.com



Hotel Danieli Facade
 

Hotel Cipriani - Hotel de luxo, 5 estrelas. Fica na  Ilha Giudecca, a quatro minutos, de lancha privada, da Piazza San Marco. É um icônico hotel pertencente a rede Orient-Express com vistas para a lagoa e o Palácio Ducal. Todo em estilo veneziano, é conhecido pelos interiores decorados com artefatos locais requintados, cozinha clássica com um toque inovador e uma excelente piscina. 
Conta com dois restaurantes e dois bares de luxo. Tem a desvantagem de ter que depender da lancha pra chegar a Veneza propriamente dita, mas tem a vantagem da tranquilidade e do luxo.  Endereço:  Ilha Giudecca, 10. http://www.hotelcipriani.com 

Hotel Cipriani, Venice, Italy
Veneza vista do Hotel.
O Cipriani e sua piscina..
Obs. Não fique em hotéis fora de Veneza, mesmo que sejam próximos, como em Mestre ou Lido, por exemplo. Não vale a pena, porque se você estiver em Veneza mesmo, não perderá tempo com transporte. 


Transportes (do aeroporto Marco Polo para Veneza e vice-versa):

Você pode alugar uma lancha-táxi por uns 80 euros... (em torno de 20 minutos)

Você pode ir nas lanchas Alilaguna http://www.alilaguna.it (coletivas) que sai mais barato (em torno de 15 euros). Compra o ticket no aeroporto e pra voltar compra perto da Piazza San Marco, próximo as gôndolas (você verá as indicações). Pode também comprar na estação de San Zacaria (perto do Hotel Danieli) ou próximo a Ponte Rialto. 
Melhor as linhas azul ou laranja
Leva em torno de 1 hora ou um pouco mais.

Alilaguna lines in Venice timetables
Alilaguna, transporte coletivo

Na volta, eu sugiro ir numa lancha-táxi que lhe pega em frente ao seu hotel, enquanto a Alilaguna você tem que ir a pé com suas malas até a estação de onde ela sai. Claro que não é um problema  ir a pé, mas além do charme da lancha privada, você chega bem mais rápido... É  um "mimo" que você se dá de presente!


Angelina Jolie numa lancha-táxi (http://g1.globo.com/Noticias/Cinema/0,,MUL1532976-7086,00-ANGELINA+JOLIE+PASSEIA+DE+LANCHATAXI+EM+VENEZA.html)














6 comentários:

  1. Precisamos voltar a Veneza, BaBy!!!

    ResponderExcluir
  2. Primeiro, quero dizer que já deixamos uma mensagem de agradecimento por aquelas deixadas no nosso blog de viagem www.viajandoconosco.blogspot.com , achamos que na postagem da viagem de bicicleta pela França. Esperamos que tenham lido. Gostamos muito do seu amor por Veneza. Não nos apaixonamos tanto assim, quando lá estivemos em 2005, mas achamos que é imperativo visitar essa interessante e culturalmente rica cidade. Na Páscoa vamos passar de 4 a 8 no Parador Casa da Montanha, um hotel fazenda chic, na serra gaúcha, mais precisamente Cambará do Sul. Postaremos no blog. Depois, convidamos para acompanhar nossa viagem pelo Reino Unido, de carro, no próximo mês de maio. Vai ser interessante. Boas viagens para vocês, também. Abraços. Narcísio e Dirlei.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. amigos querem me dar uma entrevista pro meu novo blog? acessem www.ananomundo.com.br

      Excluir
  3. Legal, Narcisio e Dirley! Boa viagem pra vcs, aliás, boas viagens tb! Acompanharei pelo seu blog! abs

    ResponderExcluir
  4. Depois de Florença, sem duvida que Veneza é a minha preferida..adorei o artigo

    ResponderExcluir